Atividade sérica de aspartato aminotransferase, creatina quinase, gama-glutamiltransferase, lactato desidrogenase e glicemia de cavalos da raça P.S.I. submetidos a exercícios de diferentes intensidades

Resumo:  No presente estudo foram colhidas, durante seis meses, amostras seriadas de sangue de 1 O eqüinos da raça Puro Sangue Inglês (P.S.I) submetidos a exercícios de diferentes intensidades, a saber: exercício leve (caminhada), moderado (trote), e intenso (galope forte). A partir disso, foram mensurados os níveis séricos de aspartato aminotransferase (AST), creatina quinase (CK), gama-glutamiltransferase (GGT), lactato desidrogenase (LDH), e de glicose plasmática. Os resultados demonstraram que houve um aumento da concentração sérica da enzima creatina quinase (CK) após os exercícios moderado e intenso. Além disso, foi também observada uma elevação dos teores plasmáticos de glicose após os exercícios leve, moderado e forte. Por fim, com relação às enzimas séricas aspartato aminotransferase (AST), gama glutamiltransferase (GGT) e lactato desidrogenase (LDH), não foram observadas alterações em suas respectivas concentrações, antes e após a atividade física.

Autor: Paula Spinha de Toledo,* Miguel Domingues Júnior,** Wilson Roberto Fernandes,*** Maurício Magone,****

Veja o artigo na íntegra: http://doi.editoracubo.com.br/10.4322/rbcv.2015.217