Fístulas e outras anomalias congênitas dos tratos digestivo e urinário em um potro

RESUMO Descrevem-se fístulas uretrorretal, vesicorretal, uretroperianal, retoperianal e cecorretal congênitas em um potro de três meses que eliminava urina em jatos pela uretra peniana, pelo ânus e pelas quatro fístulas. À necropsia, a bexiga encontrava-se aderida ao peritônio, ao íleo, ao ceco e à musculatura da parede abdominal e estava repleta de fezes e exsudato caseoso. Adicionalmente, observaram-se persistência do úraco, uretrite supurativa e dilatação da uretra pélvica, com formação de saco cego ventral. Este tipo de malformação ainda não havia sido descrito em eqüinos no Brasil.

Autores – Thais Gomes RochaI Luisa Gouvêa TeixeiraI Gilberto dos Santos SeppaII Ticiana do Nascimento FrançaIII Marilene de Farias BritoIV

Veja o artigo na integra – http://www.scielo.br/pdf/%0D/cr/v37n5/a46v37n5.pdf