Frequência de anemia infecciosa equina em equinos nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará durante o ano de 2010

Resumo A frequência de equinos soro-reagentes para o vírus da Anemia Infecciosa Equina (AIE) foi investigada, durante o ano de 2010, em 5615 animais originários de 209 municípios de três estados do nordeste do Brasil: Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Os soros foram examinados com o emprego do teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) produzido com o antígeno p26. Dos 5615 animais examinados, 151 (2,69%) foram soropositivos. As proporções de animais reatores positivos por estado foram: Paraíba (2,86%), Rio Grande do Norte (1,29%) e Ceará (3,10%). Tomando-se por base a menor proporção de resultados positivos encontrada no estado do Rio Grande do Norte, o estado da Paraíba apresentou uma odds ratio de 2,64 (IC 95% = 1,33-5,36; p = 0,004) e o Ceará de 2,87 (IC 95% = 1,48-5,71; p = 0,001). Na Paraíba houve o registro de animais soropositivos em todos os meses do ano, com frequência mínima (0,58%) em julho e máxima (5,82%) em junho; no Rio Grande do Norte de março a maio e de julho a novembro, com variação de 0% em janeiro, fevereiro, junho e dezembro a 3,61% em maio; e no Ceará em todos os meses com frequência mínima (1,10%) em agosto e máxima (7,29%) no mês de dezembro

Autores: Carpejane Ferreira SILVA1 ; Nebson Fernandes PEQUENO2 ; Inácio José CLEMENTINO1 ; Sérgio Santos de AZEVEDO1 ; Aloísio SILVA3

Veja o artigo na íntegra: http://www.revistas.usp.br/bjvras/article/viewFile/55819/59225