Avaliação citológica de lavados traqueobrônquico e broncoalveolar em cavalos clinicamente sadios pelo método de coloração de Rosenfeld

RESUMO

Foram realizados estudos comparativos dos exames citológicos obtidos a partir de amostras dos lavados traqueobrônquico (LTB) e broncoalveolar (LBA) de cavalos clinicamente sadios. Foram colhidas 25 amostras pela técnica do LTB (25 animais) e 25 amostras pela técnica do LBA (5 animais). A suspensão celular dos lavados foi centrifugada, confeccionando-se lâminas coradas pelo método de Rosenfeld. A contagem diferencial mostrou predominância de macrófagos em ambas as técnicas de colheita, confirmando a possibilidade de sua utilização para obter amostras celulares das vias aéreas distais. Observou-se diferença na proporção de macrófagos e linfócitos entre as técnicas dos lavados traqueobrônquico e broncoalveolar. As porcentagens de macrófagos e linfócitos observadas foram de 81,51±11,06% e 2,91±3,44% no LTB e de 54,78±15,92% e 33,70±14,41% no LBA, respectivamente. Também notou-se ausência de células epiteliais cilíndricas e produtoras de muco em LBA, indicando que essas amostras são provenientes da população alveolar e que esta técnica não traumatizou as vias aéreas proximais. Os demais tipos celulares foram identificados em proporções semelhantes e em pequenas quantidades em ambas as técnicas. As características morfológicas dos tipos celulares foram semelhantes nas duas técnicas.

Autores: W.R. Fernandes, E. Mori, A. Sanches.

Veja o artigo na íntegra : http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352000000600009