Resposta dos hormônios da tireoide após a execução da marcha em equinos da raça Mangalarga Marchador

Resumo

O presente estudo teve por objetivo avaliar a resposta dos hormônios da tiroide frente a um exercício físico (provas de marcha) através das mensurações séricas de tiroxina total (T4T) e livre (T4L), e triiodotironina total (T3T) em equinos da raça Mangalarga Marchador. Para tal, foram obtidas amostras de sangue de 15 equinos, da referida raça, em quatro momentos assim definidos: antes (M0) e com 5 minutos (M1), 30 minutos (M2) e 2 horas (M3) após a execução de exercício físico (40 minutos de marcha). Os valores médios para T4T foram de 2,24± 0,36µg/dL em M0, 2,41±0,35µg/dL em M1, 2,76±1,36µg/dL em M2 e 2,36±0,40µg/dL em M3 (p=0,2906); para T4L foram de 0,78±0,14ng/dL em M0, 0,84±0,11ng/dL em M1, 0,89±0,18 ng/dL em M2 e 0,85±0,14 ng/dL em M3 (p=0,2305); e para T3T foram de 0,92±0,28ng/mL em M0, 0,99±0,39ng/mL em M1, 1,20±1,07ng/mL em M2 e 0,87±0,24ng/ mL em M3 (p=0,4697). A análise dos resultados demonstrou que não houve influência da marcha sobre os valores séricos médios dos hormônios tireoidianos, apesar de haver influência sobre a frequência cardíaca e temperatura corporal.

Autor: Clarisse Simões Coelho,** Jonathan Cunha Folador,*** Bianca Drumond,**** Vinicius Ricardo Cuña de Souza*****

Veja o artigo na íntegra: http://www.uff.br/rbcv/ojs/index.php/rbcv/article/view/681/pdf_1