TÉCNICA DE BIÓPSIA HEPÁTICA EM EQÜINO POR LAPAROSCOPIA

RESUMO Este trabalho experimental objetivou a avaliação do uso da laparoscopia para biópsia hepática em eqüino e o estudo das possíveis alterações clínicas e laboratoriais decorrentes de tal procedimento. Foram utilizados 10 animais, os quais foram submetidos a procedimento cirúrgico em posição quadrupedal, por abordagem pelo flanco direito, no 17º espaço intercostal, após jejum alimentar e hídrico de 36 e 18 horas respectivamente. A avaliação pós-operatória constou de exame físico diário e colheita de amostras de sangue seriadas. O procedimento possibilitou inspeção dos órgãos e estruturas anatômicas localizados dorsalmente à direita da cavidade abdominal, favorecendo a escolha do local de biópsia hepática. Não foram observadas alterações no exame físico dos animais. Os exames hematológicos e de função hepática não apresentaram alterações significativas. Concluiu-se que o emprego da laparoscopia para realização de biópsia hepática em eqüino é simples, eficaz e seguro.

Autor: Luis Cláudio Lopes Correia da Silva1 Angelo João Stopiglia2 Denise Tabacchi Fantoni3

Veja o artigo na íntegra: http://www.scielo.br/pdf/cr/v32n3/a15v32n3