Aborto eqüino por Leptospira sp.

RESUMO Descreve-se um caso de aborto eqüino por Leptospira sp. em um feto de 6 meses proveniente de um estabelecimento localizado próximo a Porto Alegre/RS. As lesões macroscópicas se caracterizaram por icterícia e hemorragias distribuídas difusamente sobre a pele, mucosa oral, tecido subcutâneo, pulmão, coração e sistema gastrintestinal. O fígado estava aumentado de tamanho, friável e de coloração amarelada. Os rins apresentavam hemorragias petequiais na superfície capsular e na superfície de corte observaram-se palidez da região cortical e medular. Cortes de rim e sistema nervoso central, corados por WarthinStarry, revelaram a presença de espiroquetas nos túbulos, glomérulos e substância branca do encéfalo. Cultivo aeróbio de amostras de fígado e pulmão não revelaram crescimento bacteriano significativo. O teste de imunofluorescência direta para Leptospira sp. foi positivo e a sorologia fetal resultou numa titulação de 80 para o sorovar copenhageni e 40 para os sorovares icterohaemorragiae e pomona.

Autor: Caroline Argenta Pescador1 Luís Gustavo Corbellini1 Alexandre Paulino Loretti2 Elsio Wunder Júnior3 Fernanda Junges Frantz3 David Driemeier4

Veja o artigo na íntegra: http://www.scielo.br/pdf/cr/v34n1/a42v34n1.pdf