Taxa de filtração glomerular pelo EDTA marcado com 51cromo e com 113míndio em equinos

RESUMO

Determinou-se a taxa de filtração glomerular por meio do EDTA, marcado com 51Cr e com 113mIn, pela técnica de injeção única, em nove equinos, seis machos e três fêmeas com idades de dois a 12 anos. A taxa de filtração glomerular foi calculada a partir da curva de desaparecimento no plasma e do volume de distribuição do radiotraçador, 51Cr-EDTA ou 113mIn-EDTA. O resultado (média±desvio-padrão) foi de 148,80±26,42mL.min-1.100kg. Conclui-se que a medida da taxa de filtração glomerular pelo 51Cr-EDTA ou 113mIn-EDTA, pela técnica de injeção única, elimina o cateterismo vesical e, por sua simplicidade, comodidade, precisão e baixa dose de radiação, pode ser empregada em cavalos como método de escolha em rotina clínica.

Autores- C. MaliskaI; W.R. PinhoII; J.E.T. LimaIII; J. D´AlmeidaI, P.M. PellegriniI; T.S. SchimitI

Veja o artigo na integra- http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352009000300004